Notícia Gospel

 

20/07/2011 

Confirmado! Gravação do DVD da Damares será em outubro

damares
Filha de pais evangélicos – Antônio e Rose – ela começou cantar aos 6 anos de idade. Natural de Umuarama, PR, 30 anos, casada há 14 anos com o Pr. Aldory Oliveira, Damares é na atualidade uma das cantoras de mais sucesso no Brasil, e o seu sucesso vai além da fronteira gospel. A música “Diamante”, título do seu último CD, lançado pela Sony Music está há várias semanas entre as três canções mais executadas em todos os segmentos; o disco já vendeu mais de 250 mil cópias desde o seu lançamento há cerca de seis meses, dando à cantora o disco de platina.
Damares há 3 anos estourou a nivel nacional com a música “Sabor de Mel”, do CD Apocalipse, o 5º de sua carreira, lançado pela gravadora Louvor Eterno. O disco já ultrapassou a marca de 1 milhão de cópias vendidas. Membro da Assembleia de Deus Ministério de Belém em Curitiba, PR, Damares está vivendo dias de grandes mudanças em sua vida profissional. Depois de lançar 5 discos pela gravadora Louvor Eterno, foi contratada pela multinacional Sony Music, uma das maiores gravadoras do mundo. Damares disse ao Jornal Evangélico do Brasil que está se preparando para se mudar de Curutiba para São Paulo.
No dia 22 de outubro Damares estará gravando o seu segundo DVD. O trabalho será feito no litoral de São Paulo onde a cantora interpretará as canções do CD Diamante e outros grandes sucessos de sua carreira. A levita será uma das estrelas do festival gospel da TV Globo, que será gravado no dia 10 de dezembro no aterro do Flamengo, Rio de Janeiro, e levado ao ar no dia 18.
Numa breve passada por Palmas, para uma apresentação em Santana do Araguaia, PA, a cantora conversou com Sara Soares e Flávio Clark, na tarde deste sábado, 09, e falou do seu ministério, da nova gravadora, igreja, família, comida e de vários outros assuntos. Sobre família ela disse que está casada há 14 anos mas ainda não quis ter filhos. “Estou pensando nisso agora. Antes estava me dedicando à carreira e ao ministério, mas agora com 30 anos, mesmo com a agenda cheia de compromissos, pretendo pensar com carinho em ter um filho”, revelou. Damares também disse  que é uma pessoa de hábitos simples; sabe cuidar bem de casa, gosta de cozinhar, adora uma comidinha caseira tipo assado de forno e lazanha.
Flávio Clark perguntou sobre o que a incomodava mais, sendo ela uma cantora famosa e convivendo com milhares de fãs e pessoas de todos os tipos. Damares disse que o que ela não gosta muito é da invasão da sua privacidade, e se queixou de pessoas que inventam ou publicam coisas que não são verdade sobre a vida dela. Sobre a pergunta “o que Jesus significa pra você”, ela usou uma frase de uma canção antiga da cantora Shirley Carvalhaes: “Jesus é a dose mais forte dentro de mim”
Fonte: Sony Music Gospel / Jornal Evangélico


indiana-110x180

Menina de 12 anos comete sui

cídio para doar órgãos a família

No final do mês passado, uma história causou comoção na Índia. A menina Mumpy Sarkar, de 12 anos, fazia parte de uma família muito pobre de Jhorpara, na região de Bengala. Mridul, seu pai, precisava de um transplante de córneas pois estava ficando cego. Ao mesmo tempo, a família sofria com a doença de Monojit, [...]
No final do mês passado, uma história causou comoção na Índia. A menina Mumpy Sarkar, de 12 anos, fazia parte de uma família muito pobre de Jhorpara, na região de Bengala. Mridul, seu pai, precisava de um transplante de córneas pois estava ficando cego. Ao mesmo tempo, a família sofria com a doença de Monojit, irmão de Mumpy, que precisava de um transplante de rins para não morrer. Como a família não tinha condições de pagar pelas cirurgias e achar doadores compatíveis é sempre um desafio, o desespero tomou conta de todos.
Mumpy acreditou que tinha a solução para todos os problemas. Ela iria se matar e seus órgãos seriam doados para seus entes queridos. Porém, o bilhete suicida em que explicou seus motivos e o desejo de ajudar o pai e o irmão só foi encontrado após ela ser cremada, como é costume na Índia. Somente então Monica, irmã mais velha de Mumpy, contou que sabia do plano da caçula que tentou inclusive convencê-la a fazer o mesmo, caso algo desse errado. Mas Monica não aceitou.
Mumpy bebeu uma grande quantidade de pesticida sozinha e morreu mesmo depois de ter sido levada a um hospital da região. ”Demoramos muito para entender os sentimentos de uma criança muito sensível”, lamenta Mridul. Sua esposa, Rita, teve de ser internada após entrar em estado de choque com a notícia.
Ao saber do ocorrido, políticos locais se comprometeram a ajudar a família oferecendo auxílio médico.
Fonte: Pavablog
*Foto meramente ilustrativa


Cadastre o seu email

Baixar Filmes

Cadastre o seu email abaixo e receba todas as nossas atualizações diretamente no seu email

Escreva seu Email: